terça-feira, 27 de setembro de 2016

Leite Hidratante Ultra Suave da Garnier

Leite Hidratante Ultra Suave Garnier

Olá pessoal!!!
Já aqui toda a gente conhece bem a minha adoração por leite de corpo, por isso não ficam muito surpreendidos por vir falar de mais um, certo?

O que experimentei mais recentemente foi mesmo o Leite Hidratante Ultra Suave da Garnier. Sim, este leite hidratante é uma novidade e não, não viram mal, é mesmo para o corpo. A primeira vez que li sobre ele aqui pela blogosfera fiquei a pensar no assunto e assim que o vi no supermercado resolvi experimentar.

Trouxe o de Pele Seca, que segundo a marca é um leite à base de 2 Óleos Maravilhosos: Argão e Camélia para embelezar e suavizar a pele após o duche. Diz ser de fácil absorção, com fragrância sensual a camélia e ambar, que deixa a pele instantaneamente hidratada, radiante e suave. Não é oleoso nem colante. Os extratos são de origem natural e não contem parabenos.

E agora o mais importante. Cumpre o que promete?
A meu ver dou um comedido sim. Assim que se passa na pele nota-se uma frescura hidratada e a pele fica suave. A melhor parte para mim é mesmo o cheiro, que no entanto pode também ser um dos pontos contra o produto. Apesar de ser um cheiro divinal é muito idêntico aos produtos da mesma gama para o cabelo e para quem está habituada a usá-los parece que nos enganámos e usámos o creme de pentear como loção corporal.
Já a nível da duração do efeito hidratante não acho que seja nada de especial e acaba por desiludir um pouco, pois uma hora depois é como se não tivesse usado nada. No entanto ainda vou dar o benefício da dúvida e experimentar os restantes da gama, pois talvez não tenha trazido o ideal para a minha pele.
Um outro detalhe que lhe retira pontos a favor é a embalagem, apesar de ser bonita e teoricamente prática, na realidade acaba por se tornar um pouco chata, porque o frasco vai fazendo vácuo e é preciso retirar a tampa várias vezes para voltar ao formato inicial ou o pump acaba mesmo por deixar de dar. Não é nada de grave, mas acaba por isso aborrecendo e se não tivermos cuidado acaba mesmo por estragar a embalagem.

Além deste existem outros três leites hidratantes, o de Tesouros de Mel para a pele extra-seca, o de Azeitona Mítica para pele Muito Seca e o de Delicadeza de Aveia para pele Seca e Sensível. Sinceramente não sei muito bem como distinguir entre seco, extra-seco, muito seco e seco e sensível, mas como a minha pele do corpo é pouco seca tirando aquelas zonas críticas de joelhos e cotovelos achei que este fosse uma aposta segura. Mas pode não ser o suficiente, por isso numa próxima promoção que encontre tentarei um dos outros. - A meu ver é um produto que não vale a pena caso não esteja em promoção, pois aí há apostas bem mais eficazes.

Este leite hidratante existe penso que em todos os supermercados e como referi, nas quatro fórmulas descritas acima. Além disso há em dois formatos, o de 250ml e o de 400ml. O primeiro ronda os 4,50€ e o segundo os 5,90€ mas encontra-se várias vezes a metade do preço nas promoções semanais.

Já experimentaram algum deles?
O que é que acharam?

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Encomenda da Primor

Olá pessoas!

Quem me segue no Facebook, ontem viu que chegou uma encomenda da Primor. Ora hoje venho-vos mostrar tudo o que lá vinha!
Estava a precisar de algumas coisitas mas como ainda não eram o suficiente para fazer os 20€ perguntei à minha avó se precisava de alguma coisa e lá mandámos vir tudo. A grande maioria foram produtos que nunca experimentei ou que já não usava há muitos anos:




Protetor de Calor Argan Oil – Este é uma reposição. Já na ultima encomenda da Primor tinha mandado vir um que tenho estado a usar e a adorar. Tenho dito tantas maravilhas sobre ele que a avó quis um também.

Champô Natur Vital Anti-Queda /Cabelos Oleosos – Já usei este champô há uns 15 anos atrás e gostava, entretanto comecei a usar outros e há umas semanas em conversa sobre a queda normal desta época lembrei-me dele. Como a avó se queixa também da queda de cabelo, veio um para ela também.

Nivea Soft – Apesar de gostar bastante da Nivea Creme, aquela típica da lata azul, nunca experimentei esta e agora com o inverno a hidratação da pele é um bocadito mais complicada e preciso sempre de algo extra. Vou experimentar e depois digo qualquer coisa.

Lipliner da Essence 15 Honey Berry – Tenho vários batons mais ou menos neste tom e estava a precisar de um, resolvi experimentar este a ver como se sai.

Manteiga Corporal Argan Oil – Andava curiosa sobre esta manteiga de corpo. Como adorei tanto o protetor térmico como a máscara capilar, resolvi experimentar alguns outros produtos da marca.

Creme de Mãos e Unhas Argan Oil – Mais uma vez a chegada do frio obriga a cuidados extra e de inverno os cremes de mãos são imprescindíveis. Normalmente uso o Eight Hour Cream, mas este estava tão barato que não resisti. Para já posso dizer que cheira divinamente bem.

Palete de Sombras Makeup Revolution Mermaids VS Unicorns – Estava a precisar de sombras verdes e azuis que tinhas pouca coisa, quando vi esta palete a preço super acessível não resisti. Algumas das sombras têm brilho, que não é muito do meu gosto, mas as cores são tão lindas!!!

Creme de Olhos e Rosto Tony Moly – Veio de oferta. Faz parte da secção de produtos coreanos. Não sei rigorosamente nada sobre ele. Vou pesquisar qualquer coisa antes de usar. Conhecem?

Perfume Melocotón/Peach da Mixer&Pack – Mais uma oferta que não conheço. Achei o aroma enjoativamente doce mas a avó gostou, ficou para ela. 

Que acharam destes produtos? Conhecem? Costumam usar alguns?

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Iogurtes Pastoret

Olá!

Já aqui tenho falado de iogurtes, que são uma das minhas adorações alimentares e se pudesse fazia refeições inteiras com eles. Claro que há uma enorme variedade no mercado e todos os dias somos bombardeados com publicidade (muitas vezes enganosa) sobre as maravilhas de determinadas marcas para a saúde. No entanto quando vamos a prestar atenção às embalagens ou até a saber um pouco mais sobre os produtos usados na confeção acabamos por torcer o nariz. Ou torceríamos se o fizéssemos! E contra mim falo.

Posto isto, tenho tido alguma atenção nas marcas de iogurtes compradas e tento dar preferência aos biológicos, no entanto, numa ida ao Jumbo houve uma marca até então completamente desconhecida que me chamou a atenção. A Pastoret.

No supermercado tinham uma grande variedade de iogurtes, alguns em formato individual, outros em embalagens de 500g. que despertou interesse por serem artesanais. Não conhecendo nada sobre a marca trouxe apenas um de pêssego/maracujá que dizia ser artesanal, desnatado, com 0% de matéria gorda e sem adição de açúcar além da stevia para experimentar. Claro que dada esta descrição inicial não estava à espera de nenhuma coisa doce quando abri a embalagem, no entanto também não era de todo amargo. O que é certo é que ao fim de meia dúzia de colheres estava rendida.

Como não sabia nada sobre a marca e depois de ter lido uma explicação até bastante completa na embalagem resolvi procurar saber mais sobre a Pastoret.

Para começar é uma empresa catalã com origem em 1992 na localidade de Sant Guim de Freixenet, La Segarra, que pertece à familia Pont. Estes usam processos artesanais e tradicionais para confecionar a sua vasta gama de produtos, constituída por iogurtes, queijos frescos, sobremesas lácteas, etc. Para isso usam leite de vacas de pasto, com uma alimentação 100% natural.

Claro que depois de experimentar o que tinha trazido e de saber tudo isto, quando voltei ao Jumbo resolvi trazer alguns outros tipos para experimentar. Nesse dia a oferta já era menor mas ainda assim trouxe novamente o desnatado 0% de M.G. pessego/maracujá, além de morango com menta e natural com Stevia. Adorei as 3 variedades. Acredito que para quem não está habituado pode parecer azedo, mas nada que uma colher de chá de mel não resolva. São tão cremosos e leves que apetece comer a embalagem inteira. E não seria nenhum problema maior já que um copo de meio quilo tem apenas 250 calorias... o ideal para um lanche.

Outra variedade que experimentei foi o iogurte individual de 125g, normal, também de pêssego/maracujá. E não vou mentir, claro que sabe muito melhor, é mais docinho do que o desnatado sem matéria gorda, mas também de uma grande cremosidade.

O único que realmente não gostei foi o de receitas originais de iogurte que era de banana com doce de leite, também em frasco individual de 150g. Mas aqui faço o mea culpa, porque o problema foi mesmo o meu espanhol. Quando vi 'platano' associei a melão por algum motivo, em vez de banana, fruto que eu detesto. O iogurte era de facto tão bom como os outros e o doce de leite deu-lhe um gosto muito particular, mas o sabor a banana arruinou-me um bocado a coisa. Da próxima vez tenho de prestar mais atenção.

Como já referi, encontrei estes iogurtes no Jumbo, nunca os vi à venda noutros supermercados, não sei se serão vendidos noutros locais. Ao pesquisar a marca vi a variedade é enorme, têm divesas sobremesas com ótimo aspeto e até queijos frescos e cheesecake. No entanto não encontrei nenhuma dessas tentações por aqui, apenas os iogurtes. As embalagens de 500g rondam os 2,50€, os copos de vidro de 150g são já a 1,30€ e as embalagens de 125g andam à volta dos 0,75€. Claro que são mais caros que os iogurtes normais, no entanto é um daqueles casos em que acredito que valem a diferença.

Já conheciam? Alguma vez experimentaram?

domingo, 11 de setembro de 2016

Compras de Agosto

Olá meus amores!

Eu sei o que tempo para o blog durante estas duas últimas semanas foi muito pouco e pouco ou nada passei pelos vossos cantinhos, mas a vidinha por aqui vai um bocado caótica. Espero que esta semana melhore e que consiga voltar aos horários habituais.

O post de hoje é um daqueles que vem quase com 15 dias de atraso, mas ainda não tinha tido tempo para ele.
Este foi um daqueles meses em que as compras foram principalmente dedicadas a produtos de beleza. Não, não foi daquelas alturas em que perdi a cabeça e comprei o que precisava e o que não precisava também. Nada disso. Foi mesmo reposição de algumas coisitas que foram terminando e de uma ou outra que queria experimentar.


Vaselina Vasenol – Uso e abuso disto para tudo, foi uma reposição
Palete de Corretores Catrice – Nunca sei o que fazer às minhas olheiras, antes do iluminador precisam de uma boa quantidade de corretor e estes para um desenrasque servem, têm a vantagem de ser muito práticos de ter na mala. 


 
Leite Hidratante Ultra Suave Garnier – Não conhecia, quis experimentar... em breve falo sobre ele. 
Protetor Solar Nivea Hidratante 50+ - Não é o meu protetor habitual, foi mesmo uma compra de emergência depois de me ter esquecido do meu. Mas foi uma ótima surpresa.
Intensive Care Vasenol Recuperação Avançada – Mais uma estreia. Este é um produto que há anos se usa cá em casa em quantidades industriais. Não falo de um frasco de vez em quando, mas sim uns quantos por mês porque a senhora minha avó usa disto como se não houvesse amanhã. Estranhamente nunca tinha experimentado. Foi desta! Mais um sobre o qual falarei em breve.


Batom Avon 3D Plumping: Berry Cute – Não foi uma compra deste mês, foi mesmo já de Maio ou assim, mas ficou esquecido até agora dentro do saco e resolvi juntar aqui.



Sombra Eyeshadow 139: Pearly Salmon – Não conhecia as sombras da Kiko mas o preço era tão convidativo que resolvi experimentar... e estou a adorar.
Vernizes Nail Lacquer 200: Transparent e 214: Pearly White  – Não sou fã de vernizes e muito menos coloridos, por isso vim para casa apenas com estes dois que já são reposições.

Gostaram das comprinhas?
Costumam usar algum destes produtos?

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Vencedora do Sorteio Esfoliante Beleza do Sal

Bom dia!!


Como sabem terminou no Sábado o sorteio do Esfoliante da Beleza do Sal. Portanto hoje venho divulgar o vencedor.
Antes de mais queria agradecer novamente à marca pela disponibilidade imediata de vos oferecer este miminho. E todos vocês que participaram e ajudaram a divulgar o sorteio. 910 entradas foi um número muito superior ao previsto mas que no fundo fizeram crescer o blog.

E agora vamos à parte que interessa. Com todos os requisitos cumpridos, a vencedora escolhida aleatoriamente através do Random.org é a.... Drina Costa.
Drina, enviarei um email a pedir as informações de envio e com algumas explicações sobre o esfoliante. Pedia uma resposta até à meia noite do dia  8 de Setembro, caso contrário será escolhido novo vencedor.

Muitos parabéns à vencedora! E obrigada a todos os participantes. 

sábado, 3 de setembro de 2016

Reviewer Convidado: Miguel Gouveia - Pieces of Me

Como já tinha anunciado, hoje começa uma nova rubrica aqui no blog, o Reviewer Convidado. A partir de agora no primeiro fim de semana de cada mês convidarei alguém, blogger ou não, para fazer a review de algo a seu gosto, sem qualquer tipo de limitação do tema ou espaço.

O primeiro Reviewer Convidado foi o Miguel Gouveia do blog Pieces of Me, que prontamente aceitou o desafio.

Dobi: Côco Body Butter


Acho que me posso confessar e dizer que sou uma pessoa insatisfeita em relação a cremes e loções corporais. Vá, melhor dizendo, acho que não sou insatisfeito sou é bocado exigente no que toca à escolha de cremes que tornem a minha pele do corpo mais firme, mais suave e, acima de tudo mais hidratada. Também me considero preguiçoso porque só no verão é que tenho uma maior tendência em tratar da pele por a mesma ser bastante seca.
Já me vi a experimentar mil e um produtos: óleos corporais, condicionadores corporais para duche, loções, cremes de corpo e os resultados mesmo sendo percetíveis parece que facilmente desapareciam. Os cheiros e as texturas também me incomodam. Gosto de cheiros suaves e adocicados e de texturas cremosas que sejam logo absorvidas pela pele.

Contudo, e depois de experimentar imensos produtos, descobri que é com as manteigas corporais que melhor me dou. A textura é mais espessa mas permite espalhar bem pelo corpo com uma maior rentabilidade de produto. 

Esta chegou-me pelas mãos de uma amiga minha que tem familiares na Suíça, não sendo comercializada em Portugal. Cheira a côco e mantem a pele hidratada durante um dia todo. Restabelece a pele, não deixa escamar (principalmente agora na altura do verão) e hidrata de forma intensiva. O facto de cheirar a côco não é, de todo, implicativo porque o odor se vai tornando menos intenso. Ao contrário das típicas manteigas corporais, esta tem uma textura espessa mas não oleosa. A pele observe o produto mas, ao deslizar com a mão, sente-se que a pele está bem hidratada. E é precisamente isto que aprecio neste tipo de produtos o que leva a crer que o meu grau de satisfação explode só com a sensação de ser uma manteiga corporal extremamente completa!


Miguel Gouveia,

Que acharam da nova rubrica? Aprovada?